sexta-feira , 18 agosto 2017
Últimas Notícias
A pureza sexual da mulher

A pureza sexual da mulher

Download PDF
Já que o sexo é bom, por que não podemos praticá-lo? Por que Deus iria querer limitar nosso prazer com alguém que amamos, só porque ainda não nos casamos?
O sexo é um presente de Deus para o casamento. O ser humano é totalmente envolvido no ato sexual. E por isso, quando praticado de forma incorreta ele pode trazer consequências graves que levaremos por toda a vida.
Deus deseja que permaneçamos puras porque quer proteger-nos das consequências do sexo extraconjugal, que podem ser físicas, emocionais, relacionais e espirituais. Vamos analisá-las mais detalhadamente.
1- Físicas: 
Cada mulher tem sua “primeira vez”. Deus deseja que entreguemos esse presente precioso aos nosso parceiro fiel, que cuidará de nós, nos amará e protegerá no casamento. No livro de Cantares lemos: “… não desperteis o amor, até que o queira”.
Deus quer guardá-la das DST’s. Certa jovem chorou amargamente quando soube que havia contraído verrugas genitais e que não havia cura, e para piorar, o vírus era contagioso e pode ser transmitido ao parceiro e aos futuros filhos.
Deus quer te proteger de uma gravidez indesejada. Judy, uma moça crente maravilhosa, com um futuro promissor, aguardava ansiosamente sua formatura no segundo grau. Por ocasião das comemorações, foi a uma festa com um dos rapazes mais bonitos da turma. Chegando lá, achou que não teria problema se bebesse um pouco, eles dançaram e se divertiram. Ele a convidou para irem ao um lugar onde poderiam ficar a sós, ela se sentiu à vontade, o momento era especial, ele era tão bonito, carinhoso e romântico, que ela cedeu. O corpo de Judy começou a mudar, mas ela não queria nem pensar que fosse uma gravidez. Quando resolveu procurar um médico e a gravidez foi confirmada. Dentro de alguns meses, seria mamãe.
Deus deseja livrar-nos do pecado contra o próprio corpo. I Co 6:18.
2- Emocionais:

Nós mulheres somos mais delicadas emocionalmente, e, por isso, não conseguimos separar as emoções do estado físico. Quem toca nosso corpo, também toca nossas emoções.

Deus deseja preservar-nos da devastação da condenação. O diabo tem prazer em fazer com que nos sintamos derrotadas e sem valor. É essa a tática que ele usa quando sussurra em nosso ouvido: ” que tipo de cristã você é?”, ” como você tem coragem de falar de Jesus para sua amiga? Ela pode saber do seu segredinho…” O Senhor não quer que passemos por isso. Somos preciosas para Ele. É para o nosso bem que Ele impõe limites. Permita-lhe proteger seu coração.

Nenhuma mulher gosta de se sentir usada. Quando doamos a nossa pureza e fazemos disso uma prática, nós nos sentimos sujas e usadas. Achamos que o único interesse que os homens tem em nós é esse. Com certeza isso trará grande tristeza ao seu coração. Deus nos criou para sermos amadas e cuidadas e não usadas como objetos de prazer.
3- Relacionais:
A alma de uma mulher anseia por uma amizade íntima com o homem que ama, independente de seu relacionamento físico. Deseja ser amada pelo que é e não somente pelo corpo que tem. O sexo antes do casamento normalmente resulta na perda da amizade íntima que você deseja ter com o seu companheiro.
O sexo extraconjugal traz algumas consequências que só são descobertas depois de casados como: a desconfiança, o desrespeito e a insegurança. É preciso ter domínio próprio e controlar os desejos.
A falta de domínio próprio quando solteiros é fornicação; depois de casados é adultério. O jovem que não consegue conter-se não se torna mestre do domínio-próprio assim que coloca uma aliança no dedo!
4- Espirituais:
No livro de Hebreus, lemos: ” Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará. Hebreus 13:4. Deus condena a imoralidade. E a separação do Senhor por causa do pecado é angustiante. Uma noite de paixão pode destruir completamente a reputação que levamos a vida inteira para construir. O sexo ilícito traz uma dor espiritual aguda e um senso de separação de Deus.
Recomendo que assista a esse vídeo que fala sobre esse assunto:

Texto retirado do livro: À espera do amado.
Adaptado por: Jamille Dória

Comentários Via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.