quinta-feira , 27 abril 2017
Últimas Notícias
Entrevista com a Primeira BoyBand Gospel DN1

Entrevista com a Primeira BoyBand Gospel DN1

Download PDF

Galerinha Ligada no Jovens Adoradores, a Entrevista a ser postada hoje é com a PRIMEIRA BOYBAND GOSPEL DN1, isso mesmo, desde Já Agradecemos a Todos Integrantes e Especialmente ao Lucas Camargos e a Assessoria  da Banda por nos prestigiar com essa Entrevista.

 

Entrevista com a Primeira BoyBand Gospel DN1

Segue a Entrevista:

 

1- Olá! Não há melhor forma de iniciar do que indo às raízes do seu ministério. Digam-nos, como e onde começou a banda?
O público “teen” sempre teve uma empatia muito grande comigo, mas não conseguia atingi-los da maneira como eu queria com meu ministério pessoal (Ministério Lucas). Certa vez Deus me incomodou muito, a ponto de chegar a perder o sono para que eu criasse algo voltado diretamente para este público. Deus me mostrou nitidamente ipods, celulares, mp4s de jovens evangélicos e não havia música gospel no estilo deles, de cantores com a idade deles, com a linguagem deles… Foi quando tive a idéia de criar uma boyband. Comecei a pesquisar e vi que não existia nenhuma boyband gospel no formato que queria. Conversei com minha assessoria que me deu total apoio, já que este público já se identificava comigo. Comecei então a procurar os integrantes da banda. Deus foi direcionando e mostrando um a um. É “sobrenatural” a maneira como os conheci e selecionei. Primeiro o Gabriel Barreto (PR) (que eu já conhecia a família dele de BH), depois o Filipe Lancaster (SP) (através de buscas no google), depois o Biel (RJ) (que fiquei amigo do irmão dele num congresso que participamos juntos) e por último o Samuel (SP) que entrou por indicação de outro componente que teve direcionamento de Deus de não entrar no projeto e sim indicar outra pessoa. Convidei todos via “redes sociais”. Marcamos nosso primeiro encontro em SP e nos encontramos pessoalmente a primeira vez no aeroporto. Fomos pra casa do Filipe e quando fizemos o primeiro ensaio da música “A Cada Dia” foi indescritível a unção de Deus naquele lugar. Era como se Deus tivesse escolhido a dedo um a um, voz por voz, estilo por estilo para formar o DN1.

2- Qual o significado do nome da banda? Por que o escolheram?

Uma semana antes de irmos pra SP, eu estava orando por um nome e Deus me mostrou o texto de Daniel capítulo 1. Quando comecei a ler o texto, as lágrimas foram inevitáveis. Deus me mostrou claramente a boyband descrita ali. O texto fala sobre o rei que manda chamar jovens de boa aparência, inteligentes, para aprenderem no palácio real e servirem ao rei. No meio destes jovens estavam Sadraque, Mesaque, Abdenego e Daniel. Eles decidiram não se contaminar com o banquete real e ao final do tempo de aprendizado, não havia jovens tais como eles. E assim é o DN1, jovens que decidiram fazer a diferença no meio musical, não se contaminando com o que o mundo tem a oferecer. DN1 é a abreviação de Daniel capítulo 1. Todos aprovaram a sugestão do nome em nossa primeira reunião e assim ficou definido.

3- Como sabemos, há certa rejeição por parte de algumas pessoas (sobretudo alguns evangélicos), devido ao estilo adotado pela banda, apesar da evidente diferença no estilo de se vestir, em relação a outras bandas. Como vocês lidam com isso, e o que diriam a essas tais?

O que mais me deixa triste é que parte do povo “evangélico”, muita vezes ao invés de orar por um grupo que está disposto a impactar vidas, ajudar jovens e adolescentes a sair das drogas, se colocam na posição do próprio Deus para julgar (como faziam os fariseus). Em muitas igrejas acontece mais ou menos assim: Se o irmãozinho cai em pecado, ao invés das pessoas chegarem nele e o ajudarem à se levantar na comunhão com Deus, ficam olhando com desdém, fazendo fofocas e condenando-o pelo seu erro (pecado). Jesus não faria isso! Muitos “crentes” se escandalizam com roupas da moda (que muitas vezes não tem nada d+), mas não se escandalizam em sentar à frente das TVs e assistirem novelas que fazem apologia à todo tipo de coisa ruim. O que importa pra Deus não é a maneira como você se veste, é o seu coração. Deus olha além de qualquer exterior. O fato de sermos jovens evangélicos, não significa que não devemos nos preocupar com a maneira de vestir. Existe um rótulo errôneo de que “crente” é só aquele que anda de terno e gravata, com a Bíblia debaixo do braço. Existem muitos “crentes” assim que são piores do que qualquer mundano. O que queremos mostrar é que somos jovens sim, que nos preocupamos com aparência (como qualquer outro ser humano, mas sem deixar que a vaidade seja maior do que Deus em nossas vidas) e que Deus está mais preocupado com o seu coração do que com o seu exterior.

4- Há controvérsias quando se diz que a DN1 é a primeira “BoyBand” do mundo. O que vocês dizem? Ela é a primeira ou vocês se espelharam em algum outro grupo?

DN1 é a primeira boyband gospel do mundo neste formato de 5 jovens cantores, cantando música pop, dance. Em nenhuma das pesquisas que fiz apareceu outra neste formato!

5- Como foi o processo de moldagem da vida artística de cada integrante? A música os acompanha desde a infância?

Sim, a música me acompanha desde meu nascimento. Meu pai sempre tocou trompete em orquestras, regia corais; enquanto minha mãe cantava na igreja, em casamentos… Eu e meu irmão não saímos deste meio. Eu canto desde criança na igreja e meu irmão hoje cursa faculdade de música (violão) na UFMG (Federal de MG).

6- Houve a influência de algum artista ou grupo nacional ou internacional para o estilo da banda?

No quesito boyband com formação de 5 integrantes cantores, existiram várias como Backstreet Boys, N´Sync, One Direction e The Wanted (atuais)…

7- A banda tem como público alvo os adolescentes. Mas, existem muitos admiradores e seguidores de outras idades?

Com certeza. Nos surpreendemos muito com a diversidade de idade entre as pessoas que gostaram do nosso trabalho, elogiando e apoiando.

8- Em entrevista ao portal UOL, o grupo foi enfático ao falar que “não ambiciona a idolatria das fãs”. Como é, para jovens como vocês, lidar com esse risco de cunho espiritual?

Eu acredito que este risco existe pra qualquer grupo, cantor, independente do estilo musical. Porém, o que queremos é não deixar isso subir às nossas cabeças! Nós somos iguais à todas as pessoas que admiram nosso trabalho. Ninguém é melhor do que ninguém! Não existem motivos para sermos ídolos simplesmente porque cantamos bem, ou porque somos conhecidos na mídia… Nós queremos é mostrar a todos que o único que deve ser idolatrado é JESUS CRISTO. Ele sim é perfeito, maravilhoso, lindo, incomparável, poderoso, soberano…

9- O assédio das fãs é muito grande ou “moderado”?

Cada dia que passa tem crescido bastante o carinho das pessoas para com os 5 integrantes. Nossas redes sociais não param e a cada momento chegam mensagens diferentes, de lugares diferentes, pessoas diferentes… Algumas passam dos limites na questão dos elogios, mas a gente contorna isso porque este não é nosso foco.

10- O fato de seu público alvo ser os adolescentes demonstra certa empatia pelos problemas, emoções e noções que a galerinha nessa idade tem. Que mensagem a DN1 gostaria de deixar para esse pessoal que compõe grande parte do público visitante de nosso site?

A mensagem que queremos deixar é esta:

“…Eu vos escrevi jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós, e já vencestes o Maligno.” 1 João 2:14.
Somos fortes, podemos mudar o mundo, vencer o maligno, vencer as tentações e fazermos a diferença nesta geração. Não precisamos ser religioso chatos, fariseus… se seguirmos o que está na Palavra e basearmos nossa vida em Jesus, não tem pra ninguém! Vamos adorar à Deus em espírito e em verdade, com alegria e com nossos corações.

11- Para os pais, pastores, irmãos mais velhos etc, o que vocês têm a dizer em relação aos adolescentes? Alguma dica ou alerta?

Vocês são o referencial deles. Tenham sabedoria com o que ensinar, como tratar, como falar. Eles precisam de vocês para passar para as próximas gerações, o que tem aprendido hoje. Existe uma responsabilidade muito grande em cima destes líderes, mas cabe à cada um buscar o direcionamento de Deus para como conduzir este rebanho!

12- Do seu ponto de vista, qual a importância do testemunho de cristão. Principalmente quando se está em evidência?

Eu costumo usar uma frase: “Pode ser que você seja a única Bíblia que o seu próximo vai ver”. Ou seja, sua vida é a prática daquilo que você acredita. Se seu testemunho é ruim, pessoas não darão credibilidade ao que você acredita, ou prega. Agora se seu testemunho é bom, com certeza você será um referencial para as pessoas querer conhecer o Deus a quem você serve.

13- Poderia perguntar se a banda já viveu essa experiência, mas me arrisco a questionar: Qual a sensação de ouvir alguém dizer que se aproximou mais de Deus através de sua música?

Sensação de “dever cumprido”. Essa é nossa missão! Não estamos no DN1 por brincadeira, por dinheiro, por fama… mas simplesmente para cumprirmos o chamado de Deus e transformarmos vidas através de nossas músicas.

14- Claro que não poderíamos deixar de perguntar como foi a experiência de participar do Programa Encontro com Fátima Bernardes? 

É sempre muito gratificante fazer a diferença e levar a palavra de Deus em grandes meios de comunicação. Apesar de ter participado simplesmente como convidado, me senti honrado de poder estar ali!

______x______

Para Saber mais sobre a DN1 e os Integrantes, Agenda, Redes Sociais e Muito mais basta acessar www.DN1oficial.com
Entrevista Por: Isis Aimê

Comentários Via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.